DIA DAS CRIANÇAS – OTOCENTER

10 de outubro de 2014

Estes sentidos quando em perfeito funcionamento, promove uma evolução saudável do bebê, da criança e do adolescente. Todos são cruciais para a estabilização da comunicação humana. Aliado a estes, cuidamos também da voz. Esta é a mais fidedigna emissão dos nossos sentimentos. A criança necessita de um ambiente salutar, de atenção constante, de estímulo ao desenvolvimento destas maravilhas que são nossos sentidos. A Otocenter auxilia neste processo, tentando cada vez mais oferecer um serviço qualificado, recheado de muita responsabilidade, muito critério e fundamentalmente, com humanismo e com amor a todas as crianças que por alguma razão chega para ser acompanhada na nossa clínica. Promover com o carinho que toda criança merece, a saúde otorrinolaringológica, é um dos pontos da nossa visão.  Associado a outros aspectos, nos leva a oferecer à infância o cumprimento social da nossa maior missão, que respeitar e cuidar dos pacientes com o rigor da ética e apoiado em fortes bases científicas e morais.

Neste dia 12 de outubro desejamos a todas crianças sergipanas toda felicidade do mundo, com muita saúde.

Mensagem Otocenter para crianças e para os adultos: “Os seus sentidos os levarão brevemente a um novo endereço”. A Otoc

14 de janeiro de 2013

 

Perda Auditiva Induzida pelo Ruído

Como se sabe a audição é um dos nossos sentidos mais nobres, mas a sua preservação exige alguns cuidados importantes. O órgão sensorial da audição é o Órgão de Corti, localizado na orelha interna e no qual existem as células ciliadas, responsáveis por transformar o estímulo mecânico advindo da vibração das partículas do ar em corrente elétrica, a ser traduzida como mensagem no sistema nervoso central. Acontece que estas células são bastante sensíveis ao excesso de ruído, o qual causa lesão progressiva e, por vezes, irreversível nas mesmas.

 Sons com intensidade sonora acima de 85 dB são nocivos ao ouvido humano. Entretanto, caixas de sons modernas e potentes em conjunto, como num trio elétrico podem emitir sons com intensidade de até  110 dB, o que torna o órgão auditivo do folião bastante vulnerável. Zumbido, dificuldade para ouvir e sensação de pressão nos ouvidos após a folia são sinais inequívocos do excesso, sendo que a sensibilidade in