Tag: orelha

14 de janeiro de 2013

 

Perda Auditiva Induzida pelo Ruído

Como se sabe a audição é um dos nossos sentidos mais nobres, mas a sua preservação exige alguns cuidados importantes. O órgão sensorial da audição é o Órgão de Corti, localizado na orelha interna e no qual existem as células ciliadas, responsáveis por transformar o estímulo mecânico advindo da vibração das partículas do ar em corrente elétrica, a ser traduzida como mensagem no sistema nervoso central. Acontece que estas células são bastante sensíveis ao excesso de ruído, o qual causa lesão progressiva e, por vezes, irreversível nas mesmas.

 Sons com intensidade sonora acima de 85 dB são nocivos ao ouvido humano. Entretanto, caixas de sons modernas e potentes em conjunto, como num trio elétrico podem emitir sons com intensidade de até  110 dB, o que torna o órgão auditivo do folião bastante vulnerável. Zumbido, dificuldade para ouvir e sensação de pressão nos ouvidos após a folia são sinais inequívocos do excesso, sendo que a sensibilidade individual e o tempo de exposição são fatores que influenciam na evolução do processo.

Para evitar que a festa termine em sequelas auditivas, recomenda-se evitar permanecer muito próximo da fonte sonora ou utilizar protetores auriculares, que são capazes de reduzir o excesso de ruído sem impedir que se ouça o som ambiente. Portanto proteja sua saúde auditiva nas festas carnavalescas. Boas festas e aproveitem . São os votos da Otocenter.

Dr. Carlos Rodolfo Tavares de Góis

26 de abril de 2012

Dentre os dias 14 e 17 de abril, a carreta da ABORL-CCF estacionou no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, para o segundo evento da campanha “Caminhos da ORL”.

Os infláveis gigantes do ouvido, nariz e laringe repetiram o sucesso feito na primeira ação, no Rio de Janeiro, e atingiram um público ainda maior: 10 mil pessoas nos quatro dias de exposição.

De acordo com presidente da ABORL-CCF, Dr. Marcelo Hueb, a expectativa é que o público da Campanha cresça a cada evento. “Estamos ganhando enorme espaço na mídia e muita gente vem nos dizer que viu a campanha na TV, ouviu no rádio, leu nos jornais ou na internet. O retorno do público tem sido muito positivo, e isso mostra a força deste grande trabalho de conscientização popular”, afirmou.

O destaque do segundo evento da Campanha foi a laringe gigante, que celebrou o Dia Mundial da Voz, comemorado em 16 de abril. Segundo o Dr. Gustavo Korn, coordenador da Campanha da Voz deste ano, o evento atingiu públicos de todas as idades. “É importante que todas as pessoas entendam a importância de procurar um médico otorrinolaringologista em caso de suspeita de alguma doença que acometa a voz, o nariz e os ouvidos. Acho que uma coisa é uma criança conhecer o aparelho vocal observando fotos em um livro, e outra, é ter a oportunidade de entrar em órgão gigante. Acho que esta vivência que possibilitamos com a Campanha é fundamental para o aprendizado”, disse. (Confira o vídeo mais abaixo).

Além da exposição dos infláveis, também foram realizados atendimentos ao público, com aulas médicas, esclarecimento de dúvidas, medição acústica de aparelhos de mp3 e celular, testes de olfato e atrações de entretenimento, com palhaços e apresentações de beat box (arte de reproduzir sons de instrumentos musicais com a voz).

O evento contou com a participação de cerca de 70 otorrinos, dentre associados da ABORL-CCF e residentes da Unifesp, Hospital das Clínicas, Faculdade de Medicina do ABC, Hospital do Servidor, Clínica Otorhinus e Santa Marcelina.

A exposição também foi assunto na mídia, com repercussão em grandes veículos, como a TV Record, Record News, TV Brasil, TV Cultura, Mix TV, TV Câmara, Rádio Band News, Rádio Estadão, entre muitos outros.

Fontes: http://www.sborl.org.br/conteudo/secao_detalhes.asp?s=51&id=3069  e http://www.redetv.com.br/Video.aspx?52,15,261366,jornalismo,redetv-news,exposicao-em-sp-permite-entrar-em-boca-gigante

WhatsApp