CREFONO recomenda para o Carnaval

31 de janeiro de 2013

A Otocenter, como fazendo parte das suas AÇÕES COMUNITÀRIAS, mais uma vez em parceria com o CREFONO, vem contribuir com orientações profiláticas para a VOZ e AUDIÇÂO no Carnaval.

CREFONO 4 alerta foliões e músicos para cuidados com voz e audição durante o Carnaval

Cuidados com a voz e audição durante os quatro dias da Folia de Momo devem ser redobrados. Algumas atividades que parecem sem importância – exposição a som de alta intensidade e uso intenso da voz, por exemplo,- podem no futuro trazer consequências desastrosas para qualidade de vidas das pessoas

Mais um Carnaval se aproxima. Com ele, a alegria de milhões de foliões que durante quatro intensos dias de festa pulam nos blocos de rua, nos clubes, no trio elétrico e no sambódromo. O diagnóstico é preciso: onda há Carnaval, há uma multidão de pessoas festejando e cantando em coro as músicas e machinhas tradicionais nesse período do ano.

14 de janeiro de 2013

 

Perda Auditiva Induzida pelo Ruído

Como se sabe a audição é um dos nossos sentidos mais nobres, mas a sua preservação exige alguns cuidados importantes. O órgão sensorial da audição é o Órgão de Corti, localizado na orelha interna e no qual existem as células ciliadas, responsáveis por transformar o estímulo mecânico advindo da vibração das partículas do ar em corrente elétrica, a ser traduzida como mensagem no sistema nervoso central. Acontece que estas células são bastante sensíveis ao excesso de ruído, o qual causa lesão progressiva e, por vezes, irreversível nas mesmas.

 Sons com intensidade sonora acima de 85 dB são nocivos ao ouvido humano. Entretanto, caixas de sons modernas e potentes em conjunto, como num trio elétrico podem emitir sons com intensidade de até  110 dB, o que torna o órgão auditivo do folião bastante vulnerável. Zumbido, dificuldade para ouvir e sensação de pressão nos ouvidos após a folia são sinais inequívocos do excesso, sendo que a sensibilidade in