Tag: voz

28 de agosto de 2012

Como parte das “Ações Comunitárias” da Otocenter na semana do Dia do Feirante (25 de agosto), sua equipe ofereceu orientações e atendimento aos feirantes.

 As atividades foram realizadas na Feira do Conjunto Augusto Franco, em Aracaju-SE. O Projeto Otocenter de promoção da saúde otorrinolaringológica atuou com promoção de investigação a respeito da saúde e das condições de trabalho dos feirantes. Dentre as ações  mais importantes, os exames de videonasolaringoscopia, as orientações sobre  profilaxia das doenças mais comuns nesta comunidade e direcionamentos para os seus devidos tratamentos tiveram destaque.

Ficou evidenciado claramente a necessidade de melhor entendimento da  saúde por  parte dos feirantes, assim como também foram diagnosticadas algumas doenças relacionadas à própria profissão, que necessita utilizar abusivamente a voz como instrumento de trabalho.

Em breve estes dados serão confeccionados e a situação real desta amostra deverá ser divulgada com fortes bases científicas.

Como sempre, essa população foi bastante receptiva e beneficiou-se com mais uma ação comunitária e filantrópica da Otocenter.

PARABÉNS a todos os feirantes da sociedade sergipana!

12 de julho de 2012

Dr. Jeferson Sampaio D’Avila apresentou, no dia 25 de julho, na reunião do Conselho da Seccional Sergipe, os resultados da pesquisa sobre a saúde da laringe e as vozes dos advogados em Sergipe – estudo de coorte. A pesquisa foi feita como base os exames de vídeo-laringoscopia realizados nos dias 17 e 18 de abril no Fórum Gumersindo Bessa e no Tribunal Regional do Trabalho – 20ª Região (TRT). No total foram examinados 64 advogados e advogadas. Esta pesquisa está sendo executada pelas médicas otorrinolaringologistas da OTOCENTER : Dra. Anna Milena Fraga e Dra. Bárbara Queiróz. Alguns dados relevantes já  foram levantados e foram  ressaltados por Dr. Jeferson:

  •  A voz, posto que “ela é muito importante para tudo, servindo como instrumento de trabalho de 70% dos trabalhadores”;
  •   “Através da compilação dos dados, constatamos que 12,8% dos advogados são fumantes. 18% dos advogados utilizam álcool. E que 35% já possuem alguma doença relacionada a voz”, alarmou o médico que ressaltou que o número é considerado alto.

Estes e outros dados farão parte de uma pesquisa detalhada  e inédita. Deverá revelar a saúde das vozes dos advogados em Sergipe e posteriormente será apresentada em definitivo à própria OAB/SE. Naturalmente serão desenvolvidos programas de profilaxia e tratamentos evolutivos para os casos acometidos pelas doenças detectadas. Esta é mais uma das relevantes ações da CAA – SE – OAB – Sergipe em parceria com a OTOCENTER.

Fonte: http://www.oabse.org.br/novo/conteudos_ver.php?cat=12&id=942

26 de abril de 2012

Para produzir a voz, as pregas vocais existentes na laringe humana vibram entre 100 e 400 vezes por segundo. O fenômeno, impossível de ser observado a olho nu, pode ser visto em câmera lenta graças a um aparelho de videolaringoscopia capaz de capturar até 4 mil imagens por segundo.

A tecnologia tem permitido a pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) entender melhor o funcionamento das pregas vocais e estudar patologias que prejudicam sua vibração. Também se tornou possível avaliar, com critérios objetivos, o impacto de cirurgias e tratamentos fonoaudiológicos na produção da voz.

Pioneiro no país, o equipamento foi adquirido com recursos de um projeto financiado pela FAPESP e coordenado pelo professor José Carlos Pereira, da Escola de Engenharia de São Carlos da USP.

Por meio de parceria com uma equipe de otorrinolaringologistas da Faculdade de Medicina coordenada pelo professor Domingos Hiroshi Tsuji, a máquina foi doada ao Hospital das Clínicas (HC) de São Paulo, onde estão sendo feitos os exames que já resultaram em duas dissertações de mestrado – além de cinco doutorados e um pós-doutorado em andamento.

Leia mais no site da Info, segue o link abaixo.

 

Fonte: Agência FAPESP / http://info.abril.com.br/noticias/ciencia/supercamera-e-usada-no-estudo-da-producao-da-voz-23042012-16.shl

26 de março de 2012

  Deborah Secco abraça a Campanha da Voz 2012: “Em parceria com especialistas, atriz apoia campanha sobre a importância dos cuidados com a voz”. Confira AQUI.

  Fonte: www.ablv.com.br

 

2 de fevereiro de 2012

A OTOCENTER recomenda:

1. Evite gritar ou falar alto em ambientes ruidosos.

2. Não é recomendável ingerir líquidos ou alimentos muito gelados, principalmente em dias quentes.

3. Fumar é altamente nocivo à saúde do sistema respiratório, principalmente às pregas vocais.

4. Pigarrear e sussurrar são hábitos aparentemente inofensivos que podem trazer grandes prejuízos à voz.

5. Falar durante exercícios físicos de impacto, como vôlei e tênis, podem prejudicar as cordas vocais.

6. O consumo excessivo de bebidas alcóolicas também é nocivo, porque propicia um efeito analgésico na laringe, causando abusos do aparelho vocal.

7. É importante beber bastante água e manter uma alimentação leve, sem exagerar no consumo de alimentos gordurosos ou muito condimentados.

8. Chupar balas ou pastilhas para aliviar dores na garganta traz efeito anestésico, levando também a abusos vocais.

9. O uso excessivo de ar condicionado pode traz problemas ao resfriar e reduzir a umidade do ar, provocando o ressecamento das cordas vocais.

10. Um otorrinolaringologista deve ser procurado a qualquer sinal de problemas como dores na garganta, rouquidão, cansaço ao falar, tosse, pigarro ou dificuldade para engolir, que irá orientar sobre os cuidados que devem ser tomados.

(Dados da Academia Brasileira de Laringologia e Voz – ABLV)

WhatsApp